quinta-feira, 30 de junho de 2022

Odc220 Sábado

Odc220 Sábado:
Complementares: Salmo 66:1-9; Zacarias 14:10-21; Lucas 9:1-6
Contínuas: Salmo 30; 2 Reis 4:32-37; Lucas 9:1-6 

Complementares:
Salmo 66:1-9  Jubilate Deo
LEVANTEM  a DEUS vozes de júbilo * todas as terras!
2 Cantem para honra de seu Nome; * rendam-lhe glória em cânticos de louvor;
3 Digam a Deus: Quão tremendos são teus feitos! * Pelo teu grande poder a ti se submetem quem contende contra ti.
4 A ti adore toda a terra e a ti cante louvores; * cantem louvores a teu Nome.
5 Venham e vejam as obras de Deus; * tremendo é ele em seus feitos para com a humanidade!
6 Converteu o mar em terra enxuta; * passaram a pé através do rio; aí nos alegramos nele.
7 Pelo seu poder, ele impera eternamente; seus olhos vigiam as nações; * não se exaltem na rebeldia!
8 Bendigam, ó povos, a nosso Deus; * façam ouvir voz de vocês em seu  louvor.
9 Ele preserva com vida nossa alma; * e não permite que nosso pé vacile.


Zacarias 14:10-21
10 A terra toda, desde Geba até Rimom, ao sul de Jerusalém, será semelhante à Arabá. Mas Jerusalém será restabelecida e permanece­rá em seu lugar, desde a porta de Benjamim até o lugar da primeira porta, até a porta da Esquina, e desde a torre de Hananeel até os tanques de prensar uvas do rei.
11 Será habitada; nunca mais será destruída. Jerusalém estará segura.
12 Esta é a praga com a qual o Senhor castigará todas as nações que lutarem contra Jerusalém: sua carne apodrecerá enquanto estiverem ainda em pé, seus olhos apodrecerão em suas órbitas e sua língua apodrecerá em sua boca.
13 Naquele dia, grande confusão causada pelo Senhor dominará essas nações. Cada um atacará o que estiver ao seu lado.
14 Também Judá lutará em Jerusalém. A riqueza de todas as nações vizinhas será recolhida, grandes quantidades de ouro, prata e roupas.
15 A mesma praga cairá sobre cavalos e mulas, camelos e burros, sobre todos os animais daquelas nações.
16 Então, os sobreviventes de todas as nações que atacaram Jerusalém subirão ano após ano para adorar o rei, o Senhor dos Exércitos, para celebrar a festa das cabanas.
17 Se algum dentre os povos da terra não subir a Jerusalém para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, não virá para ele a chuva.
18 Se os egípcios não subirem para participar, o Se­nhor mandará sobre eles a praga com a qual afligirá as nações que se recusarem a subir para cele­brar a festa das cabanas.
19 Sim, essa será a punição do Egito e de todas as nações que não subirem para celebrar a festa das cabanas.
20 Naquele dia, estará inscrito nas sinetas penduradas nos cavalos: "Separado para o Senhor". Os caldeirões do templo do Se­nhor serão tão sagrados quanto as bacias diante do altar.
21 Cada panela de Jerusalém e de Judá será separada para o Senhor dos Exércitos, e todos os que vierem sacrificar pegarão panelas e cozinharão nelas. E, a partir daquele dia, nunca mais haverá comerciantes no templo do Senhor dos Exércitos.

Lucas 9:1-6 
1 Reunindo os Doze, Jesus deu-lhes poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças
2 e os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos.
3 E disse-lhes: "Não levem nada pelo caminho: nem bordão, nem saco de viagem, nem pão, nem dinheiro, nem túnica extra.
4 Na casa em que vocês entrarem, fiquem ali até partirem.
5 Se não os receberem, sacudam a poeira dos seus pés quando saírem daquela cidade, como testemunho contra eles".
6 Então, eles saíram e foram pelos povoados, pregando o evangelho e fazendo curas por toda parte.

Semicontínuas: 

Salmo 30  Exaltabo te, Domine
EU TE EXALTAREI, SENHOR, porque tu me levantaste, * não permitindo que meus adversários se alegrassem sobre mim.
2 Ó SENHOR, Deus meu! * a ti clamei e tu me saraste.
3 Ó SENHOR, redimiste minha alma da sepultura; * vivificaste-me dentre os que descem à cova.
4 Salmodiem ao SENHOR, vocês que vivem em santidade; * rendem graças ao seu santo Nome.
5 Porque dura um momento a sua ira, mas é eterna a sua benevolência; * pode à tarde permanecer o pranto, mas de manhã vem o cântico de júbilo.
6 Dizia eu em minha prosperidade: * Não serei abalado em tempo algum.
7 Ó SENHOR, pela tua misericórdia fortificaste a minha posição; * mas se ocultares tua face, ficarei perturbado.
8 A ti, ó Deus, eu clamo; * ao SENHOR faço minha súplica.
9 De que me aproveita a vida se encontrar a perdição?* Porventura te louvará o pó? Anunciará ele a tua verdade?
10 Ouve, SENHOR, e compadece-te de mim! * O SENHOR, vem em meu auxilio.
11 Converteste o meu pranto em regozijo; * aliviaste a minha tristeza e me revestiste de alegria.
12 A fim de que meu espírito cante em teu louvor e não se cale; * ó SENHOR, DEUS meu, te louvarei para sempre!


2 Reis 4:32-37
32 Quando Eliseu chegou à casa, lá estava o menino, morto, estendido na cama.
33 Ele entrou, fechou a porta e orou ao Senhor.
34 Depois deitou-se sobre o menino, boca a boca, olhos com olhos, mãos com mãos. Enquanto se debruçava sobre ele, o corpo do menino ia se aquecendo.
35 Eliseu levantou-se e começou a andar pelo quarto; depois subiu na cama e debruçou-se mais uma vez sobre ele. O menino espirrou sete vezes e abriu os olhos.
36  Eliseu chamou Geazi e o mandou chamar a sunamita. E ele obedeceu. Quando ela chegou, Eliseu disse: "Pegue seu filho".
37 Ela entrou, prostrou-se a seus pés, curvando-se até o chão. Então pegou o filho e saiu.


Lucas 9:1-6 
1 Reunindo os Doze, Jesus deu-lhes poder e autoridade para expulsar todos os demônios e curar doenças
2 e os enviou a pregar o Reino de Deus e a curar os enfermos.
3 E disse-lhes: "Não levem nada pelo caminho: nem bordão, nem saco de viagem, nem pão, nem dinheiro, nem túnica extra.
4 Na casa em que vocês entrarem, fiquem ali até partirem.
5 Se não os receberem, sacudam a poeira dos seus pés quando saírem daquela cidade, como testemunho contra eles".
6 Então, eles saíram e foram pelos povoados, pregando o evangelho e fazendo curas por toda parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Página Inicial

Página Inicial
voltar para a página principal